• Rodovia PR-407, Km 19, 215 - Praia de Leste
  •   0800 000 0974
  • prefeitura@pontaldoparana.pr.gov.br Telefones Úteis

  • HORÁRIO DE ATENDIMENTO: DE SEGUNDA A SEXTA DAS 08H00 ÀS 12H00 E DAS 13H30 ÀS 17H00
  • Capacitação ofertada em Pontal do Paraná impulsiona criação da Associação de Meliponicultores do Litoral com 35 produtores

    Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

    Última Modificação: 22/02/2024 17:12:04 | Visualizada 56 vezes


    Ouvir matéria

    Formalizada no último sábado (17) a Associação de Meliponicultores do Litoral do Paraná (AME) tornou-se realidade durante o 4º Encontro de Meliponicultores realizado em Pontal do Paraná, na Associação A.MAR (PR 412, Km 8, entrada no marco 33) no Balneário Shangri-Lá. Um dos objetivos e aumentar a produção de mel e derivados a partir das abelhas sem ferrão e ampliar a importância da região na área. Sérgio Auffinger, secretário da nova AME, já prepara a realização do 5º Encontro de Meliponicultores, em março, também em Pontal do Paraná.

    Além de realizar encontros mensais serão promovidas feiras para que os produtores comercializem seus produtos à base de mel e derivados. A entidade nasce com 35 produtores associados nas sete cidades do litoral paranaense, com forte liderança de Pontal do Paraná a partir de quatro cursos de capacitação e visitas técnicas a propriedades realizados em novembro/21, maio, outubro e dezembro de 2023, todos ofertados pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Agência do Trabalhador e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

    Outros cursos foram realizados em parceria com a Prefeitura, ofertados pelo Instituto Ecoe, em outubro de 2023, além de uma palestra em novembro de 2023 envolvendo a Amamel (Associação dos Meliponicultores de Mandirituba, cidade da Região Metropolitana da Capital, que se destaca no setor) e mais a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) ligada à Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento.


     

    PONTAL REFERÊNCIA: Com a criação da AME, Pontal e o litoral se tornam referência na produção de mel, própolis e produtos derivados a partir das abelhas sem ferrão. Técnicos da Adapar estiveram na cidade e participaram do encontro do dia 17 que criou a AME. Eles destacaram a importância do cadastro de meliponicultores e das ações para atualização dos produtores, que devem procurar a Adapar mais próxima, preencher o formulário de solicitação do Cadastro de Exploração Pecuária, anexar documentos, indicar as espécies que criam e o número de colmeias.

    CURSOS DE MELIPONICULTURA: Albor Neto, gerente da Agência do Trabalhador de Pontal do Paraná, confirmou que cinco cursos na área serão realizados gratuitamente na cidade ainda em 2024, em parceria com o Instituto Ecoe. “Serão dois de meliponicultura em março e novembro. Também teremos um curso de derivados de mel que vai mostrar a produção de itens como sabonetes, geleias, pomada anti-inflamatória e hidromel, um vinho de mel, além de mudas de plantas melíferas, artesanato, caixas e abelhas para criação e outros. E em outubro teremos mais dois cursos, um de meliponicultura e um de apicultura sobre abelhas tradicionais, com ferrão”, explicou Albor.

    MELIPONICULTURA: É a criação de abelhas sem ferrão, também conhecidas como abelhas indígenas, abelhas nativas ou melipolíneos. A AME congrega produtores das sete cidades do litoral paranaense a partir de Pontal do Paraná, cidade que ofertou os cursos de capacitação e sediou quatro encontros até agora. A atividade ganha cada vez mais destaque entre os pequenos agricultores familiares. Além disso, no litoral, 85% da área é de preservação, fator que favorece a atividade.

    PRÓPOLIS AZUL: Um dos produtos que mais chama a atenção na cadeia produtiva e que pode ser adquirido durante as feiras é o extrato de própolis azul, com propriedades diferenciadas que ocorrem a partir de características específicas da região de mata atlântica no litoral paranaense. Trata-se de uma substância com propriedades cicatrizantes, para feridas leves, arranhões e queimaduras, de alto poder antimicrobiano e anti-inflamatório. Também ajuda na vascularização da pele e possui poder analgésico.

    INFORMAÇÕES: AME (41) 999-432-635 e institutoecoe.org.br

     Galeria de Fotos

     Veja Também